Smog fotoquímico

Smog fotoquímico é a poluição do ar, sobretudo em áreas urbanas, por ozônio e outros compostos originados por reações fotoquímicas, reações químicas causadas pela luz solar.

Esse fenômeno tem origem nas formações fotoquímicas entre hidrocarbonetos voláteis (como a gasolina que evapora na hora de abastecer o tanque), compostos de oxigênio e nitrogênio e ozônio. O efeito visível disto é uma camada roxa acinzentada na atmosfera.

Smog fotoquímico é um problema ambiental do qual, em geral, poucas pessoas já ouviram falar A palavra smog vem da junção de smoke (fumaça, em inglês) com fog (neblina, em inglês).

No ambiente, causa a diminuição da taxa de fotossíntese dos vegetais e é responsável por sérios problemas respiratórios, que podem levar à morte.

Descobiu-se esse tipo de smog pela primeira vez em Los Angeles,na década de 1940, e costuma-se acontecer em cidades com uma grande movimentação de veículos, que causam grande acumulação de óxido nítrico (NO) e compostos orgânicos voláteis (COVs).

A mistura de poluentes no ar, no Smog fotoquímico, pode conter:

  • Óxidos de nitrogênio, como o dióxido de nitrogênio
  • Ozônio toposférico
  • Compostos orgânicos voláteis (VOCs)
  • Peróxido de acetil nitrato (PAN)
  • Aldeídos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: